Campo Grande-MS 21.07.2017
Foz do Iguaçu
Sabado, 30.08.2014 às 13:00
Foz do Iguaçu
Ocupação em hotéis de Foz do Iguaçu que comemoram réveillon chega a 70%
Robson Rodrigues
Para o Portal Top Vitrine
Divulgação/Caio Coronel
Hotel das Cataratas
Divulgação
Cataratas do Iguaçu
Divulgação
Usina Hidrelétrica de Itaipu
Divulgação
Na Copa, a 11ª cidade mais visitada no País
Divulgação
Hotel Recanto

Uma pesquisa qualificada feita pelo Instituto Qualibest com pessoas de todas as regiões do Brasil revela que 95% dos entrevistados que conhecem Foz do Iguaçu pretendem voltar e que 99% recomendariam a viagem para amigos e parentes.

 

Entre os que não conhecem Foz, 95% pretendem visitar a cidade, 30% ainda este ano ou em 2015; outros 22%, num prazo de dois a três anos.

 

A pesquisa embasa o Plano Estratégico de Marketing Turístico de Foz do Iguaçu para o período 2015-2018, encomendado pela Itaipu Binacional.

 

"A pesquisa mostra um alto grau de satisfação com nossa cidade e aponta caminhos para que possamos melhorar ainda mais a imagem do destino", afirma o superintendente de Comunicação Social da Itaipu e presidente do Fundo Iguaçu, Gilmar Piolla.

 

Interesse

 

A pesquisa qualitativa foi feita no primeiro semestre, com 722 pessoas entre 18 e 65 anos, das classes A, B e C, que costumam viajar pelo menos uma vez por ano. Do total de entrevistados, quase a metade (48%) já visitou Foz do Iguaçu.

 

Nos grupos de pesquisados os principais motivos para visitar Foz do Iguaçu são suas belezas naturais, com destaque para as Cataratas do Iguaçu.

 

Clique sobre as imagens para ampliá-las

 

No grupo que já visitou Foz, 64% apontaram esta razão para a viagem; em segundo lugar (23%), aparecem as compras no Paraguai e Argentina.

 

Dois terços (69%) dos que não ainda não vieram a Foz e 85% dos que visitaram têm conhecimento de que as Cataratas são uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza.

 

Entre os visitantes, a metade também afirmou que isso influenciou a viagem, confirmando o alcance e a importância da campanha Vote Cataratas, que resultou na conquista do título, em 2011.

 

O que falta

 

Um número alto (41%) dos visitantes respondeu que gostou de tudo em Foz do Iguaçu. Mas 23% criticaram aspectos como limpeza pública, acesso ao transporte público e trânsito.

 

Os visitantes também opinaram que a cidade deve melhorar a programação cultural e oferecer mais shows e opções gastronômicas fora dos hotéis.

 

Ocupação em hotéis de Foz do Iguaçu que comemoram réveillon chega a 70%

 

Estudo do Observatório de Turismo aponta alta dos hotéis no fim do ano. O destino teve ainda recordes de visitação na Copa do Mundo, melhor semestre e deve encerrar 2014 com um recorde anual histórico.

 

A Secretaria Municipal de Turismo (SMTU) iniciou um estudo junto aos estabelecimentos hoteleiros de Foz do Iguaçu para identificar o percentual de ocupação para o final de ano. O levantamento terá outras 4 etapas para sua conclusão.

 

Segundo os entrevistados dos setores de reservas dos estabelecimentos, a procura por Foz do Iguaçu tem sido grande, sendo que muitos interessados estão ainda em busca de informações.

 

Os resultados preliminares mostram que os hotéis que costumeiramente realizam festas de réveillon em seus estabelecimentos chegam a alcançar 70% de ocupação para o período.

 

O índice, que deve ser ampliado até a chegada do respectivo feriado, representa a união de esforços da Gestão Integrada do Turismo, na divulgação da cidade, e também na participação do destino em eventos nacionais e internacionais.

 

A pesquisa, denominada "Ocupação Hoteleira no Réveillon" é realizada pela Divisão de Estatística e Estudos Turísticos, Diretoria de Desenvolvimento de Turismo e faz parte das ações do Observatório de Turismo, criado em novembro de 2013.

 

Efeito Copa do mundo

 

Durante a Copa do Mundo, o número de turistas estrangeiros, em Foz do Iguaçu, superou até mesmo os que visitaram uma das cidades-sede dos jogos, Manaus (AM), segundo balanço divulgado pelo Ministério do Turismo.

 

Foz do Iguaçu ficou em 12º lugar, logo depois de Curitiba, que recebeu quatro jogos do Mundial e foi a 11ª cidade mais visitada no País por viajantes internacionais.

 

A Copa do Mundo - e, também, as férias escolares - contribuiu para que o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu batesse em julho um recorde mensal histórico.

 

Foram 171.721 embarques e desembarques, 13 mil pessoas a mais que o recorde mensal anterior, de janeiro deste ano - 158 mil. O número superou ainda em 18% o registrado no mesmo mês do ano passado.

 

Mais recordes

 

Este ano, o aeroporto já conquistou vários recordes. Teve o melhor janeiro de sua história, o melhor trimestre (janeiro a março) e o melhor semestre. Deve, ainda, encerrar 2014 com um recorde anual histórico.

 

O superintendente do aeroporto, Renato Ludwig, calcula que o terminal fechará este ano com 1,8 milhão de passageiros, contra 1,67 milhão no ano passado.

28 JULHO - SEG
Certificado de excelência em turismo
07 JUNHO - SEX
Aventura no Deserto do Atacama
09 OUTUBRO - SEX
República para turistas no carnaval de Olinda
07 OUTUBRO - SEX
Para viajar e degustar
Busca Detalhada
Utilize a busca avançadas do site para encontrar o que deseja em termos de noticías.