Campo Grande-MS 27.07.2017
Das Alagoas
Sabado, 26.03.2016 às 10:00
Das Alagoas
Desa sai da terra natal para conquistar novos horizontes
Planeta MPB - Dery Nascimento
Para o Portal Top Vitrine
Divulgação
Desa

Conterrânea dos famosos Djavan e Hermeto Pascoal, a cantora e compositora alagoana Desa sai da terra natal para conquistar novos horizontes com sua música e nos apresenta seu primeiro álbum, "Desanuviar", produzido por Marcelo Sanches. O CD tem 11 faixas gravadas por Marcelo Sanches ( guitarra), Juliano Julius (bateria e percussão), Davi Índio (baixo elétrico e acústico) e Felipe Faraco (teclado).

 

Desa passou parte da infância cantando e, às vezes, dançando sempre focada no folclore local, já que vem do agreste alagoano da cidade de Feira Grande.

 

Na adolescência partiu para capital Maceió para mostrar seu canto. Mas Desa queria algo a mais, uma grande cidade; pensando nisso, a artista veio para São Paulo e já teve a oportunidade não só de gravar como de mostrar suas músicas.

 

Assim como a matéria anterior, esse material chega por meio de um leitor ilustre Caio Torrente que tem a comunidade “Independente” em redes sociais na qual ele divulga os novos nomes da cena independente.

 

Desnuvuiar  é um passeio por melodias, timbres e sensações de uma metrópole em combustão. Faço um convite aos meus leitores para embarcar na sonoridade desta alagoana que adotou São Paulo para ser o ponto de partida de sua carreira.

 

Para abrir os trabalhos, ouviremos “ Ciranda” (Desa/Ábia Marpin), o ritmo é literalmente uma ciranda que ganhou a sonoridade de um Sinthy analógico e a guitarra de Sanche sendo o fio condutor.

 

Desa é detentora de uma voz melódica com pequenos sotaques de sua terra natal, demostrando sempre sua essência. A segunda canção “Tempestade” (Desa/Arthur Krokovec) nos mostra uma sonoridade gostosa de se ouvir. Na verdade os 11 temas nos mostram que o produtor e guitarrista Marcelo Sanches soube vestir bem as canções da artista.

 

Misturando português com inglês, a cantora manda bem nos versos da canção I’m a Cat (Desa). Essa atitude da cantora de por o pé na estrada em busca do seu lugar ao sol é típico de pessoas que acreditam no próprio potencial.

 

Em “Movimento”(Desa/Arthur Krokovec/Daniel Fernandes) destaque para o arranjo que busca uma sonoridade que envolve os versos da canção. A linguagem nordestina cravada na poesia em “Ah Me Dê Tu”(Desa/Arthur Krokovec) ficou muito original.

 

“Quem foi que disse que é preciso ter paciência/Se na verdade tudo escolhe a hora exata?” É com versos assim que a  artista mistura xote com uma bela balada na canção “Feixe de Luz”(Desa/Arthur Krokovec/Livia Humaire).

 

Desa tem um caminho a trilhar com esse primeiro CD, que mistura sua vivência no cotidiano de lá e de cá (Alagoas/São Paulo) mostrando que tem bagagem para seguir em frente. Canções como: “Beleza” ”(Desa/Arthur Krokovec/Edu Sereno), “Desliza”(Desa/Arthur Krokovec), “Cacos” (Desa/Arthur Krokovec/Marco Vilane/Cainã Magalhães), “Corpo Sutil”(Desa/Arthur Krokovec/Pedro Bienemann), “Rua do Sol”(Desa), você pode conferir no próximo dia 27 às 15horas do no projeto Retratar-se: Imagens do Feminino no Sesc  Itaquera.

12 ABRIL - TER
Passeios de aventura em Portugal
25 AGOSTO - SEG
O Rappa toca dia 30 de agosto em Campo Grande
17 NOVEMBRO - DOM
Felipe Amaral vence o Hipismo no Salto Sênior Top 2013
14 MAIO - SEG
Piratas Pirados!
Busca Detalhada
Utilize a busca avançadas do site para encontrar o que deseja em termos de noticías.