Campo Grande-MS 21.07.2017
Cozinhas mais práticas e elegantes
Quinta-Feira, 26.12.2013 às 11:06
Cozinhas mais práticas e elegantes
Profissionais do design apostam numa nova tendência: as torres de cozinha
Divulgação
Para o Portal Top Vitrine
Divulgação
Maior praticidade e conforto na hora de conzinhar
Divulgação
Estrutura deixa a cozinha mais funcional

As torres de eletrodomésticos chegaram para ficar, deixando as cozinhas muito mais funcionais. A tendência agrada em cheio, especialmente em épocas em que o ambiente se torna o protagonista do lar.

 

No fim do ano é sempre assim: difícil encontrar alguém que não ganhe uns quilinhos a mais. A explicação é simples.

 

Nessa época de confraternizações e grandes ceias, as cozinhas das casas viram uma verdadeira fábrica de iguarias típicas do mês de dezembro.

 

Clique sobre as imagens para ampliá-las

 

Se para quem come o aumento de peso pode ser um inconveniente, para quem cozinha, ter um ambiente desorganizado pode provocar cansaço e dores na coluna.

 

Pensando evitar esse tipo de problema e deixar as cozinhas mais elegantes o ano inteiro, profissionais do design e da arquitetura apostam numa nova tendência: as torres de cozinha. “Uma torre recebe os eletrodomésticos e setoriza as funções de acordo com seu uso. Assim a atividade de cozinhar se torna mais funcional e agradável”, explica a designer de interiores Laura Santos, que já apostou nessa ideia para um de seus projetos.

 

“Criei uma torre com forno, que é especial de embutir e, abaixo, criei nichos que se adequassem ao microondas e à máquina de lavar de louça”, conta Laura.

 

O arquiteto Luís Fábio Rezende de Araújo também é adepto da torre e aponta a possibilidade de fazer algumas variações nessa estrutura. “Geralmente, coloco forno elétrico, forno de microondas e outro nicho para guardar outros acessórios como torradeira, misteira, liquidificador ou até mesmo adegas”, sugere.

 

O importante é estar atento a altura do forno, já que a grande sacada deste tipo de estrutura é justamente tirar o forno da parte de baixo do fogão. “A ideia é que o forno esteja na altura do olhar, assim não é necessário se abaixar para ver se o alimento já está pronto ou não. Outro facilitador está no momento de retirar o alimento. Quando o forno está na torre, fica muito mais simples e menos arriscado retirá-lo”, avalia Laura.

 

Luís Fábio ainda aponta outras vantagens da torre. “O módulo vertical ajuda na organização do espaço, na disposição elétrica e na funcionalidade do trabalho gourmet”, enumero o arquiteto, que acredita que a opção é viável para qualquer tipo de cozinha.

 

“Qualquer cozinha pode ter este tipo de torre. Para as cozinhas mais espaçosas ou gourmet, integradas ou não ao living ou jantar, as torres podem, inclusive, serem trabalhadas em formas de estantes, dando continuidade a decoração do ambiente”, encerra o profissional.

25 JULHO - SEG
Telhado vivo
09 SETEMBRO - SEX
Parede de vidro
20 JANEIRO - SEG
Oppa apresenta descontos de até 50% em todo o site
20 MARçO - QUI
Brick Studio lança tijolos para revestir paredes
Busca Detalhada
Utilize a busca avançadas do site para encontrar o que deseja em termos de noticías.