Campo Grande-MS 28.06.2017
Brasileiro se preocupa com o pantanal, mesmo sem saber onde fica
Segunda-Feira, 21.10.2013 às 13:39
Brasileiro se preocupa com o pantanal, mesmo sem saber onde fica
66% dos entrevistados não sabem apontar qual região do Brasil fica o pantanal
Maria Fernanda Mansur
Para o Portal Top Vitrine
Paulo Renato Coelho Netto/Livro Mato Grosso do Sul
Jacaré no pantanal de Mato Grosso do Sul
Paulo Renato Coelho Netto/Livro Mato Grosso do Sul
Queimadas são constantes durante a estiagem
Paulo Renato Coelho Netto/Livro Mato Grosso do Sul
Pássaro cardeal
Paulo Renato Coelho Netto/Livro Mato Grosso do Sul
Papagaio e arara no pantanal de Miranda (MS)

Pesquisa Ibope/WWF-Brasil, em parceira com o HSBC, mostra que 66% dos entrevistados acreditam que o maior risco ambiental do bioma é o desmatamento.

 

O brasileiro já ouviu falar do Pantanal, aponta soluções para sua preservação, mas o confunde com a Amazônia. É o que aponta a pesquisa Ibope/WWF-Brasil, em parceria com o HSBC, que ouviu 2.002 pessoas em junho em 26 Estados. Além disso, os entrevistados não souberam identificar em qual região do país está localizado o bioma, um dos mais ricos do Brasil.

 

Clique sobre as imagens para ampliá-las

 

Por outro lado, na opinião de 82% dos entrevistados, a união de esforços entre governos, empresas e sociedade é a forma mais adequada de conservar o Pantanal. Os dados da pesquisa irão subsidiar as ações de um  projeto que está sendo construído pelo WWF-Brasil, HSBC e parceiros na região das cabeceiras do Pantanal, no Mato Grosso.

 

A pesquisa apresenta alto índice de conhecimento sobre a existência do Pantanal: 93% dos entrevistados já ouviram falar da paisagem natural brasileira. Contudo, 92% dos entrevistados admitem nunca terem visitado o bioma e dois em cada três (66%) não sabem apontar em qual região do Brasil está localizado. Apenas metade da população sabe descrever a paisagem pantaneira, considerada pela UNESCO como Patrimônio Natural Mundial e Reserva da Biosfera.

 

O brasileiro também confunde a vegetação pantaneira com a amazônica. 37% dos entrevistados descrevem o Pantanal como floresta fechada. Os dados apontam para o desconhecimento sobre a região, pois o bioma é  composto por uma planície alagável, formada por rios, matas e lagoas e pelo planalto, na sua maioria por áreas de Cerrado.

 

A pesquisa faz parte do Programa HSBC pela Água, uma parceira global do WWF-Brasil com o banco voltado para a conservação de nascentes do Pantanal, que visa estruturar pacto inédito envolvendo governos municipais, estaduais e federais, setor privado e instituições da sociedade civil.

 

"Quando considerada a disposição de apoiar ações de conservação do Pantanal, mais de 80% da população é simpática à causa. Para os brasileiros, está claro que o esforço conjunto é a melhor alternativa para preservação do Pantanal", afirma Glauco Kimura de Freitas, coordenador do Programa Água para a Vida do WWF-Brasil.

 

Para desenvolver ações de recuperação e proteção nascentes da cabeceira do Pantanal, serão avaliadas no mínimo 30 nascentes, envolvendo 25 municípios da região e com engajamento de 270 mil pessoas em campanhas de conscientização, afirma Paulo Renato Steiner, Diretor Executivo de Sustentabilidade  do HSBC.

 

De acordo com Kimura, os dados demonstram que o Pantanal continua sendo um destino turístico com potencial inexplorado e acaba sendo mais procurado por estrangeiros do que por brasileiros. Por outro lado, foi o segundo bioma mais lembrado, depois da Amazônia, na pergunta sobre paisagens naturais do Brasil. "Isso demonstra que o Pantanal está na cabeça do brasileiro, mas ainda não em seu coração", afirma.

 

Programa HSBC pela Água

 

O Programa HSBC pela Água é um programa de cinco anos (2012-2016) e com investimentos de US$ 100 milhões em parceria com três organizações não governamentais (ONGs) que estão entre as mais respeitadas do mundo: WWF, WaterAid e Earthwatch Institute. Esse programa trará a dimensão necessária para promover uma combinação de fornecimento, proteção e educação em relação à água, o que resultará no mais inovador programa pela água realizado por uma organização financeira. A parceria com a WWF tem o objetivo de trabalhar com o fornecimento, proteção e educação sobre a água em cinco bacias de importância estratégica em nível mundial e onde vivem um bilhão de pessoas: a do Yangtze, na China; do Ganges, na Índia; do Mekong, que se expande por territórios da China, Tailândia, Laos, Camboja e Vietnã; do Leste Africano, nas bacias do Ruaha e Mara, dividido entre o Quênia e a Tanzânia; e o Pantanal, em terras brasileiras.

 

WWF-Brasil

 

Organização não governamental brasileira que tem os objetivos de harmonizar a atividade humana com a conservação da biodiversidade e promover o uso racional dos recursos naturais em benefício dos cidadãos de hoje e das futuras gerações. Criada em 1996 e sediada em Brasília, a instituição desenvolve projetos em todo o país e integra a Rede WWF, uma das maiores redes independentes de conservação da natureza, com atuação em mais de 100 países e apoio de cerca de 5 milhões de pessoas, incluindo associados e voluntários.

 

HSBC

 

O HSBC Bank Brasil é uma subsidiária integral da HSBC Holdings, um dos maiores conglomerados financeiros do mundo. Com sede em Londres, o Grupo HSBC atua em mais de 80 países das Américas, Europa, Ásia, Hong Kong, Oriente Médio e Oceania.

23 MARçO - SEX
Rafting em Socorro
09 DEZEMBRO - SEX
Projeto Gota D’Água
09 MARçO - SEX
Bonito
20 JUNHO - QUA
Desenvolvimento Humano Sustentável
Busca Detalhada
Utilize a busca avançadas do site para encontrar o que deseja em termos de noticías.