Campo Grande-MS 22.07.2017

Comunicação Pessoal

Aurea Regina de Sá

compartilhe:

Terça-Feira, 01.03.2016 às 10:40

Você sabe convencer alguém em apenas 90 segundos?

Existem três passos simples para alcançar o nível de convencimento

Comunicação Pessoal

Para o Portal Top Vitrine

Você sabe convencer alguém em apenas 90 segundos? Não me refiro à mágica, mas sobre como usar o melhor que você tem para transmitir uma primeira impressão vendedora.

 

Segundo o empresário canadenese e mestre em programação neurolinguística, Nicholas Boothman, autor do livro ‘Como convencer alguém em 90 segundos’, existem três passos simples para alcançar o nível de convencimento em uma interação pessoal ou comercial.

 

Permaneça no topo da lista. Isso significa estar na memória do cliente quando ele tiver o desejo de tomar a decisão de compra. Não adianta nada criar uma grande primeira impressão se depois ele fecha o negócio com outro.

 

Boothman diz que não é uma questão de sorte. Ser a pessoa certa, no lugar certo e na hora certa, significa estar em destaque na memória de alguém. E, para isso, vale muito aquela máxima de ‘quem não é visto, não é lembrado’.

 

O autor sugere que você não deixe expirar o prazo de validade da conexão, que não deve passar dos 90 dias sem renovação.

 

Você deve estar me perguntando: o que é que eu faço nesse período de 90 dias para estar presente na memória do meu cliente ou de um contato? Confira a sugestão:

 

Mande um presente para ele: não precisa ser um presente caro, mas você pode enviar um link interessante por email (não estou falando de spam, hein!), apresentar um contato bacana, fazer um convite para um evento da área dele, ou seja, algo que o deixará grato e, de uma certa forma, com vontade de retribuir a atenção a você.

 

Capture a atenção e vai capturar o coração. Pense nisso: toda vez que você tem a atenção de alguém, porque se dedicou pra isso, foi respeitoso, olhou nos olhos, você tem o coração dessa pessoa também. Imagine-se num restaurante. Já experimentou chamar o garçom pelo nome por que leu o crachá dele, pedir por favor e olhar nos olhos dele? Não só por educação, mas por gratidão, ele atenderá você como se fosse um rei. Isso também funciona com clientes e outros contatos. Reforço que é importante fazer isso de forma genuína, seja verdadeiro, sem segunda intenção explícita. O que vai, volta. É a lei!

 

Na verdade não se trata de fazer mágica durante os 90 segundos em que tem ali na sua frente alguém pra quem deseja vender um produto, serviço ou uma ideia. É preciso estar vivo na memória do outro para que ele privilegie você.

 

A chave é a atitude. Chave pra quê? Pra convencer, pra emocionar, e para permanecer na memória de alguém: pode ser um contato para um relacionamento pessoal ou profissional.

 

Atitude é uma mistura de ações, sentimentos e pensamentos que juntos promovem um só resultado: impacto relevante da sua pessoa para com os outros. E se você não estiver aqui para fazer a diferença na vida de alguém, pra que você veio então?

comentários (0)

nome

e-mail

comentário

Comunicação Pessoal

Apaixonada pela Comunicação como ferramenta de desenvolvimento pessoal, Aurea Regina de Sá é jornalista e Coach de Comunicação. Tem pós-graduação em Comunicação Pública, formação em Coaching e Programação Neurolinguística. É referência nacional como especialista em Media Training, treinamento que capacita profissionais para o relacionamento com a imprensa. Sempre motivada a cumprir a missão de ajudar as pessoas a se desenvolverem como comunicadoras, Aurea distribui podcasts semanais pelo whatsapp. Para cadastro gratuito, visite o site www.aureareginadesa.com.br/dicas. Aurea Regina é articulista do Portal Top Vitrine desde janeiro de 2016.

Filtrar Resultados

Utilize a busca avançadas do site para encontrar o que deseja.

Blogs & Colunas

Utilize a busca avançadas do site para encontrar o que deseja.