Campo Grande-MS 23.04.2017

Caminho Acessível

Nathalia Blagevitch

compartilhe:

Quinta-Feira, 28.01.2016 às 12:00

Inclusão com i maiúsculo

Para mim, existem pessoas que nascem com o gene Inclusivo – com i maiúsculo

Caminho Acessível

Para o Portal Top Vitrine

Desde de que decidi assumir a deficiência como um fato social e não somente como uma característica minha, consegui fazer um link com as aulas de genética que tivemos no ensino médio.

 

Não é nada científico. É apenas uma conclusão que cheguei, depois de muito observar o comportamento e a reação das pessoas quando conto meus sonhos, minhas histórias ou mesmo quando participam de algo comigo.

 

Para mim, existem pessoas que nascem com o gene Inclusivo – com “i” maiúsculo, mesmo. São aquelas que encaram a deficiência como algo normal e, muitas vezes, ajudam a sociedade a ser menos deficiente em relação a essa causa.

 

Por outro lado, há pessoas que têm medo de fazer a inclusão ou que julgam a deficiência como uma incapacidade. Não sou daquelas que acha que devemos provar algo para as pessoas, mas esse caso é uma exceção.

 

Você concorda com a minha teoria? Acha que nasceu com o gene Inclusivo?

Arquivo pessoal

Nathalia Blagevitch

comentários (0)

nome

e-mail

comentário

Caminho Acessível

Nathalia Blagevitch é diretora do Caminho Acessível (www.caminhoacessivel.com.br), site idealizado e recém-lançando por ela para abordar temas diversos ligados à pessoa com deficiência. Atualmente, Nathalia estuda para o concurso de Magistratura do Trabalho e é professora tutora de Direito do Trabalho nos cursos preparatórios para a segunda fase do exame de Ordem do Damásio Educacional. Antes disso, foi monitora de graduação na área trabalhista da Faculdade Damásio de Jesus – instituição do mesmo grupo –, onde se formou em 2014. Com o objetivo de apontar os aspectos positivos e negativos presentes no atendimento às pessoas com deficiência, Nathalia produziu e lançou o documentário “Acessibilidade nos Aeroportos da Copa”, depois de visitar todas as cidades-sede do mundial, por conta própria. Em 2013, foi premiada com uma bolsa de extensão universitária no Legal Education Exchange Program (LEEP), em San Diego (EUA). O curso, baseado no sistema jurídico norte-americano, foi realizado na Thomas Jefferson School of Law por meio de uma parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil do Estado de São Paulo (OAB-SP). Nathalia foi primeira estagiária com paralisia cerebral da Câmara Municipal de São Paulo, entre 2010 e 2011, quando trabalhou no gabinete de Mara Gabrilli, na época, vereadora. A Coluna Caminho Acessível é publicada desde outubro de 2015 no Portal Top Vitrine.

Filtrar Resultados

Utilize a busca avançadas do site para encontrar o que deseja.

Blogs & Colunas

Utilize a busca avançadas do site para encontrar o que deseja.